classificação de black

Classificação de Black: Entenda as diferentes classes

A classificação de Black é um sistema utilizado na odontologia para identificar e tratar diferentes tipos de lesões dentárias. Esse sistema foi criado pelo dentista americano G.V. Black e é amplamente utilizado até hoje.

Ele é importante para que os profissionais da odontologia possam entender melhor a extensão e o tipo de lesão que o paciente apresenta, permitindo um tratamento mais preciso e eficiente.

Com a classificação de Black, os dentistas podem identificar as lesões por meio de uma codificação numérica, que representa a localização e o tipo de lesão.

Além disso, essa classificação também ajuda a prever a evolução da lesão e a escolher o tratamento mais adequado.

Neste artigo, vamos nos aprofundar no tema da classificação de Black, explicando seus conceitos e mostrando exemplos para você conseguir identificar na prática clinica.

Classe I de Black

A Classe I de Black é caracterizada por lesões de cárie que aparecem na face oclusal dos dentes posteriores, ou seja, nos pré-molares e molares.

Essas lesões também podem ocorrer nas regiões de cicatrículas e fissuras dos dentes. Além disso, em casos menos comuns, a Classe I pode ser encontrada na região do cíngulo, na face palatal dos incisivos centrais e laterais superiores.

As fissuras e sulcos dos dentes posteriores são áreas mais propensas à formação de lesões de cárie, uma vez que são regiões onde a escovação pode ser mais difícil.

classificação de black I
Classificação de black I. Fonte: ILVA, Adriana Fernandes da; LUND, Rafael Guerra. Dentística restauradora: do planejamento à execução.  Rio de Janeiro: Santos, 2016.

Classe II de Black

A Classe II de Black é caracterizada por lesões ou cavidades que afetam a superfície proximal dos dentes posteriores (pré-molares e molares) e que podem ou não envolver a cúspide do dente.

classificação de black II composta
Classificação de black II composta. Fonte: ILVA, Adriana Fernandes da; LUND, Rafael Guerra. Dentística restauradora: do planejamento à execução.  Rio de Janeiro: Santos, 2016.
classificação de black II complexa
Classificação de black II complexa. Fonte: ILVA, Adriana Fernandes da; LUND, Rafael Guerra. Dentística restauradora: do planejamento à execução.  Rio de Janeiro: Santos, 2016.

Classe III de Black

Na classe III as lesões ou cavidades afetam a superfície proximal dos dentes anteriores, ou seja, os incisivos e caninos. Essa classe é caracterizada por lesões que não atingem a borda incisal (a borda cortante dos dentes anteriores) ou o cíngulo (a protuberância na superfície labial ou palatina dos dentes anteriores).

classificação de black III
Classificação de black III. Fonte: ILVA, Adriana Fernandes da; LUND, Rafael Guerra. Dentística restauradora: do planejamento à execução.  Rio de Janeiro: Santos, 2016.

Classe IV de Black

A Classe IV de Black é caracterizada por lesões ou cavidades que envolvem as faces proximais de incisivos e caninos e que comprometem pelo menos um dos ângulos incisais.

Isso significa que essas lesões afetam as superfícies laterais dos dentes anteriores (incisivos e caninos) e podem se estender até a borda incisal, formando uma angulação. Geralmente, essa classe é mais comum em dentes anteriores superiores.

Classificação de Black IV
Classificação de Black IV. Fonte: ILVA, Adriana Fernandes da; LUND, Rafael Guerra. Dentística restauradora: do planejamento à execução.  Rio de Janeiro: Santos, 2016.

Classe V de Black

A Classe V de Black se refere a lesões ou cavidades que afetam a superfície cervical dos dentes, também conhecida como região do colo dentário.

Essas lesões são geralmente encontradas na área próxima à gengiva, na superfície vestibular (frontal) ou lingual (palatina) dos dentes anteriores (incisivos e caninos) e/ou dos dentes posteriores (pré-molares e molares).

classificação de black V
Classificação de black V. Fonte: https://hospitaldaface.com.br/10-coisas-que-voce-nao-sabia-sobre-as-caries/

Conclusão

Em conclusão, a classificação de Black é muito importante para a compreensão do profissional da odontologia entender as diferentes classes e suas características, para que possa planejar e realizar um tratamento eficaz e duradouro.

A identificação correta da classe de uma cavidade é crucial para a escolha do material restaurador adequado, a preparação da cavidade e a técnica de restauração utilizada.

A classificação de Black também pode ajudar na comunicação entre os profissionais da odontologia, permitindo que o tratamento seja discutido de maneira clara e precisa entre eles. Além disso, a utilização dessa classificação pode ser útil para fins de documentação e pesquisa.

Referências:

ILVA, Adriana Fernandes da; LUND, Rafael Guerra. Dentística restauradora: do planejamento à execução.  Rio de Janeiro: Santos, 2016.

Um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.